SÃO PAULO – Em um conflito social, muitas vezes familiar, quem é o louco? O Louco e a Camisa, de Nelson Valente, coloca em evidência o conflito familiar, a falta de humanidade, e a incapacidade de se colocar no lugar do outro, perceber o outro. A indagação do que é a loucura (se o louco de fato é louco por possuir mais sanidade mental do que os outros, ou se é verdadeiramente louco), se transforma em questão essencial para se pensar a sociedade.

Antes de estrear no Brasil, tornou-se sucesso na Argentina e já está em sua nona temporada em Buenos Aires, como El loco y la camisa’, além de já ter circulado no Chile, Itália, França, Espanha, Portugal e Estados Unidos.

Nessa montagem Brasileira contamos com um elenco ágil e certeiro em seu jogo cênico formado pelos talentosos Leonardo Miggiorin, Priscilla Squeff, Guilherme Gorski, Ricardo Dantas e Rosi Campos, cujo delicado trabalho esteve sempre presente durante a minha infância. Vê-la em cena, sempre com tanta qualidade artística, é emocionante. A limpeza na direção de Elias Andreato, e a equipe que não deixa rastros negativos, possibilita ao público um espetáculo muito preciso.

 

FICHA TÉCNICA

Texto: Nelson Valente 
Tradução: Priscilla Squeff 
Direção: Elias Andreato 
Elenco: Rosi Campos, Leonardo Miggiorin, Priscilla Squeff, Guilherme Gorski, Ricardo Dantas 
Trilha original: Jonatan Harold 
Cenário e figurinos: Elias Andreato 
Iluminação: Cleber Eli 
Maquiagem e visagismo: Dicko Lorenzo 
Assistente de direção: Lucas abdo 
Produção de objetos e figurino: Néctar Cultural 
Contra-regra: Lucas Dornellas 

Operador de luz e som: Hermas Germek 
Camareira: Silvia Peake 
Arte: Ale Pessôa 
Fotografia: Caio Gallucci 
Vídeos de divulgação: Jady Forte e Desteatrando 
Assessoria de imprensa: Morente Forte 
Idealização: Priscilla Squeff 

 

Equipe de Produção 
Produção: Danny Oliveira, Leandro Luna e Priscilla Squeff 
Assistente de Produção: Diogo Villa Maior 
Realização: Néctar Cultural

SERVIÇO

Gênero: Comédia Dramática 
Duração: 60 minutos
Classificação Etária: 12 anos 
Quartas e Quintas, às 21h

até 3 de maio.

INGRESSOS

Plateia: R$ 60,00 | R$ 30,00 (meia-entrada) 
Balcão: R$ 40,00 | R$ 20,00 (meia-entrada) 
Frisas: R$ 40,00 | R$ 20,00 (meia-entrada) 

 

Teatro Porto Seguro (508 lugares)

Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elísios

Informações: (11) 3226.7310

Resenhista e articulista

Vitor Fadul, especial para o Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com.br)