SATYROS CHEGA AO CINEMA BELAS ARTES

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE
HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE

SÃO PAULO – É quase um lugar-comum entrelaçar a trajetória da companhia teatral Os Satyros, pelo menos nesses últimos 15 anos, à reviravolta que ocorreu na Praça Roosevekt, região central da capital paulista. Essa fusão entre realidade e ficção foi mote de diversos espetáculos da companhia, interessada em refletir sobre a vida entre os que formam seu habitat. Hipóteses Para o Amor e a Verdade, o longa-metragem, baseado na peça homônima do grupo, que chga às telas do cinema Belas Artes nesta quinta-feira (20).

HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE
HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE

Para conceber a trama de Hipóteses Para o Amor e a Verdade, entrevistas, conversas e observações – dos moradores, travestis, michês, transexuais, traficantes – das “espécimes”  da região central de São Paulo, foram base para a criação dos onze personagens que compõem a trama.

HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE
HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE

“Pensamos que o cinema tem uma linguagem muito diferente do teatro. No entanto, nosso trabalho teatral em Hipóteses Para o Amor e a Verdade foi muito baseado na construção de personagens e em seus conflitos interiores. Assim, o grande esforço foi a transposição destes conflitos para a linguagem cinematográfica.”, conta Rodolfo García Vázquez, diretor do filme que tem roteiro do ator Ivam Cabral.

 

Ficha Técnica

Hipóteses para o Amor e a Verdade

(Brasil, 85 min., 18 anos)

 

Elenco (ordem de aparição):

Luiza Gottschalk, Nany People, Tiago Leal, Tadeu Ibarra, Gustavo Ferreira, Paulinho Faria, Esther Antunes, Phedra D. Córdoba, Ivam Cabral, Cléo de Páris, Fabio Penna, Robson Catalunha, Ricardo Pettine e Nina Gottschalk

 

Direção: Rodolfo García Vázquez

Assistentes de Direção: Roberto Reiniger e Marcela Cardoso

Roteiro: Ivam Cabral

HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE
HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE

 

Direção de Fotografia – Equipe 1: Laerte Késsimos

Assistente de Fotografia/ Operador de Câmera: Marco Lomiller

Assistente de Fotografia: Filipe Luchessi

Operador de SteadCam: Clóvis Veneno

 

Direção de Fotografia – Equipe 2: Luiz Adriano Daminello

Assistente de Fotografia/ Operador de Câmera: Pedro H. M. Marques

 

Direção de Arte: Rafael Blas

Assistente de Arte: Tatiane Takahashi

Cenotecnia: Thiago Capella e Carlos Orelha

Figurino: Daíse Neves

Apoio Figurino: Juliana Massara e Mariah Massara

Maquiagem: Guilherme Nutti

Assistente de Maquiagem: José Henrique e Samantha Borges

 

Produção: Daniel Gaggini

Produção Executiva: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez

Diretor de Produção: Rodolfo García Vázquez

Coordenador de Produção: Daniela Machado, Luíza Gottschalk e Vini Lopes

Produção de Set: Davi Tostes, Tadeu Ibarra e Lino Reis

Montagem: Letícia Simões

Finalização/ Correção de Cor/ Projeto Gráfico: Laerte Késsimos

Trilha Sonora Original: Maestro Marcello Amalfi

Trilha Executada por: Maestro Marcello Amalfi

Edição de Som: Jonathan Macias

Estúdio de Som: Cinecolor Digital

Diretor Geral Cinecolor Digital: David Trejo

Gerente de Áudio: Cláudio Avino

Mixagem: Ariel Henrique

Assistente de Estúdio: Raul Jooken

Coordenação de Finalização Cinecolor Digital: Marina Herrador

Atendimento Comercial Cinecolor Digital: Carol Abreu

Distribuição: Raiz Distribuidora

t

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.