Sérgio Britto e Suely Franco no SESC Anchieta em peça dirigida por Tolentino

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

José Roberto Jardim, Suely Franco e Sérgio Britto em "Recordar é Viver"

Quando nos apresentam uma equipe de tão alto gabarito como a envolvida no espetáculo Recordar é Viver, cuja estreia será hoje no Teatro SESC Anchieta, as expectativas não podem ser as melhores. Três nomes que somam inúmeros trabalhos de sólida qualidade em nosso teatro – os atores Sérgio Britto e Suely Franco, e o diretor Eduardo Tolentino de Araújo – merecem destaque especial.

O texto assinado por Hélio Sussekind, Recordar é Viver, primeiro escrito pelo historiador e jornalista, mostra uma família em seu cotidiano nos anos 1990 em um bairro de classe média do Rio de Janeiro. Henrique, o filho mais novo, de trinta anos, dramaturgo, reside com os velhos pais que o sustentam e que vivem discutindo e brigando por causa do filho. O pai é um aposentado em franca decadência física; já a mãe, apesar de ter boa saúde, é portadora da síndrome do pânico e não sai de casa.Aprisionado em seu próprio universo familiar, Henrique não consegue procurar um emprego que possa sustentá-lo, ou lutar para obter um espaço como dramaturgo.

A peça apresenta ainda o filho mais velho, antagonista de Henrique, a filha que também mora com os pais e a

Suely Franco e Sérgio Britto

namorada de Henrique, que tenta libertá-lo de toda esta mórbida relação.

Êxito de público em suas temporadas cariocas, Recordar é Viver traz, também, dois atores de relevo da capital paulista: Anna Cecília Junqueira e José Roberto Jardim.

Ficha Técnica
Suely Franco                                   Ana
Sergio Britto                                   Alberto
José Roberto Jardim                       Henrique
Camilo Bevilacqua                         João
Ana Jansen                                     Paula
Anna Cecília Junqueira                  Bruna
Eduardo Tolentino de Araújo         Direção
Lola Tolentino                                Cenografia e Figurinos
Paulo Cesar Medeiros                    Iluminação
Paulo Cesar Brito                           Preparação Corporal
Guga Melgar                                  Fotos
Davidson Silva                               Assistente de Produção
Fabio Menezes                               Contrarregra
Aline Barros                                   Operadora de Luz
Cedelir Martinusso                Camareira
Antônio Bento                                Coordenador Técnico
Luiz Joselli                                     Direção de Produção
SB Promoções Culturais Ltda        Idealização
Recordar é Viver

De 28/01 a 27/02. Sextas e sábados, às 21h e domingos, às 19h. Duração: 85 min.
Não recomendado para menores de 14 anos
R$ 32,00 (inteira); R$ 16,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 8,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
320 lugares.
Teatro Anchieta do SESC Consolação
Rua Dr. Vila Nova, 245
Tel: 11 3234-3000

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

1 comentário

Leave a Reply

Seu email não será publicado