Série “Diálogos Itaú Cultural” recebe gestores e agentes para pensar a cultura brasileira

Adriana Barbosa da Feira Preta.

EM REDE – Quais são as perspectivas para o futuro quando pensamos em política e gestão cultural, economia da cultura e política para as artes? Essa é a pergunta que a série Diálogos Itaú Cultural tem tentando responder com diversos convidados, sempre as quartas-feiras, às 17h.

Quem conduz as conversas é Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural (IC). As lives acontecem nos canais digitais da instituição.

As lives, assim como as atividades ao vivo que aconteciam no Itaú Cultural antes da pandemia, também contam com interpretações de libra. A duração é de 60 minutos.

Conheça a programação:

3 de junho / Adriana Barbosa (Feira Preta) e Fernanda Feitosa (SP-Arte)
10 de junho / Jô Santana (Fato Produções Artísticas) e Monique Cardoso (Festival de Artes Cênicas do Ceará)
17 de junho / Antônio Grassi (Instituto Inhotim) e Ricardo Piquet (Museu do Amanhã e Paço do Frevo)
24 de junho / Eliana Sousa (Redes da Maré) e Sérgio Vaz (Bar do Zé Batidão | Cooperifa)