SESC Santo André recebe o grupo Clowns de Shakespeare

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Sua Incelença, Ricardo III"

SANTO ANDRÉ – O grupo teatral potiguar apresenta Sua Incelença, Ricardo III, adaptação e direção de Gabriel Villela de Ricardo III, de Shakespeare, neste sábado (4) e domingo (5) no SESC Santo André.

A montagem dos Clowns de Shakespeare  apresenta o clássico do bardo inglês sobre o ambicioso Ricardo que comete terríveis assassinatos para conquistar a coroa meio ao sertão nordestino.

"Sua Incelença, Ricardo III"

Com muita música e humor, o diretor Gabriel Villela trabalha com o universo circense e cigano. Destaque para a pesquisa musical que apresenta entre canções como Assum Preto (Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga) e Ciranda da Rosa Vermelha (Alceu Valença); incelenças (excelências), isto é gênero musical fúnebre nordestino, além de clássicos do grupo inglês Queen.

As apresentações na grande São Paulo acontecem no mesmo período em que os Clowns estão em cartaz na capital paulista. Para ver dias e horários: www.sescsp.org.br .

Sobre os Clowns de Shakespeare

Fundado em 1993, na cidade de Natal, Rio Grande do Norte. Desenvolve seu trabalho de maneira colaborativa, em cima da pesquisa do trabalho do ator, da musicalidade da cena, e do teatro popular, contando também com influências do estudo do palhaço em sua estética.

Entre os espetáculos encenados estão: O Capitão e a Sereia, A Farsa da Boa Preguiça e Muito Barulho por Nada.

Ficha técnica:

Texto original: William Shakespeare. Adaptação: Fernando Yamamoto. Direção geral: Gabriel Villela. Elenco:Camille Carvalho, Dudu Galvão, César Ferrario, Joel Monteiro, Marco França, Paula Queiroz, Renata Kaiser e Titina Medeiros.

Serviço:

Sua Incelença, Ricardo III

04/08, 05/08. Sábado e domingo, às 20h e às 19h.

Duração: 90 min . No Espaço de Eventos.

Livre para todos os públicos

Sesc Santo André

Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar Santo André, 09071-130

(0xx)11 4469-1200Grátis. Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência, na bilheteria.
<a href="[youtube http://www.youtube.com/watch?v=mNutdfLn3Ko&w=560&h=315]”>

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

1 comentário
  1. Todos! Todos são excelentes atores e cantores. Aliado a esses talentos presentes estão os demais talentos artísticos. Não preciso enumerar todos, pois não faltou nada. Nem o vento gelado foi um empecilho! O que me deixa triste é constatar que temos um potencial teatral de tal magnitude tão pouco divulgado. Com certeza, nas maiores casas de espetáculo da Europa e Estados Unidos apresentam-se peças teatrais, com bilheterias milionárias, de atores que seriam aprendizes desse grupo. Shakespeare deve estar sorrindo em seu túmulo e fazendo a reverência e esses jovens gigantes. Agora vou brindar em nome dos Clowns de Shakespeare. Cheers!

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*