SESC sedia o evento Cenografia Brasileira em Debate

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)capa baixa 1

capa baixa_SESCSÃO PAULO – O autor do livro Cenografia Brasileira – notas de um cenógrafo, José Carlos Serroni, juntamente com Antunes Filho, diretor do CPT/Sesc, os cenógrafos José de Achieta e José Dias e a diretora de arte Vera Hamburger  participarão do encontro  intitulado Cenografia Brasileira em Debate, que será realizado terça (26)  às 19h00, no Teatro Anchieta do SESC  Consolação.

A conversa será focada no conhecimento e nas experiências acumuladas por JC Serroni na área da cenografia e fomentará reflexões sobre a atividade do cenógrafo, a criação cenográfica e o espaço ideal para a encenação teatral nos nossos dias, entre outros assuntos.

O autor do livro Cenografia Brasileira – notas de um cenógrafo, José Carlos Serroni. Foto: arquivo pessoal
O autor do livro Cenografia Brasileira – notas de um cenógrafo, José Carlos Serroni. Foto: arquivo pessoal

Na ocasião, ocorrerá a venda do livro Cenografia Brasileira – notas de um cenógrafo com 30% de desconto. A obra, lançada em 2013 pelas Edições SESCSão Paulo, faz um registro histórico dessa profissão no Brasil desde o início do século 20 até os dias atuais. 

Sobre JC Serroni

José Carlos Serroni nasceu em São José do Rio Preto, SP, em 1950. Considerado um dos maiores cenógrafos brasileiros da atualidade, destaca-se por promover atividades voltadas para a reflexão sobre cenografia no país. Concluiu em 1977 o curso de arquitetura na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP.

Cria em 1999 o Espaço Cenográfico. Em 2002, publica a pesquisa Teatros – Uma Memória do Espaço Cênico no Brasil, uma radiografia dos principais palcos do Brasil.

Colaborou para muitas produções, entre elas: Sonho de Uma Noite de Verão, de William Shakespeare, direção Roberto Lage; Morte Acidental de Um Anarquista, de Dario Fo, direção Antônio Abujamra, numa produção da Companhia Estável de Repertório – CER, de Antonio Fagundes; A Gaivota, de Anton Tchekhov, direção Francisco Medeiros; Dias Felizes, de Samuel Becket, direção Jacqueline Laurence; Òpera do Malandro, A Gota D’água e Os Saltimbancos de Chico Buarque de Holanda, Leonce e Lena, de Georg Büchner, direção de Gabriel Vilella, entre muitos outros;

Serviço:
Cenografia Brasileira em Debate com J. C.Serroni e Convidados

Data: 26 de março de 2014, quarta-feira, às 19 horas.

Local: Teatro Anchieta |Sesc Consolação |Rua Dr. Vila Nova, 245 – Vila Buarque

Evento gratuito – Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na bilheteria do teatro. Sujeito à capacidade do local.

 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*