Sub-Pop-Ópera dos Mendigos faz sessões gratuitas

Adriano Silva,especial para o Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

Escrito e dirigido por Celso Correia Lopes, musical é inspirado em obra de John Gay

GRANDE SÃO PAULO (ABC) – O espetáculo Sub-Pop-Ópera dos Mendigos tem estreia marcada para hoje no Teatro Lauro Gomes, em São Bernardo do Campo. O texto, escrito em 1.727 por John Gay, tem direção e adaptação de Celso Correia Lopes, indicado ao Prêmio Femsa de Teatro infantil 2008, e direção musical de Reinaldo Sanches. A peça tem foco na discussão social e marca o debut do grupo O Maravilhoso Escritório Teatral.

A trama, dividida em três atos, consegue perpassar por diversos assuntos  como o crime consentido, suas justificações e implicações morais, além da inversão de valores na sociedade atual.

“Não se trata de um programa cultural do mainstream e sim algo mais alternativo que incentiva a reflexão”, afirma Celso.

Segundo o adaptador e diretor de Sub-Pop-Ópera dos Mendigos, o espetáculo sugere o pensar sobre contradições.

“A peça remete à pompa dos grandes espetáculos, em contraposição à palavra ‘sub’, que remete a algo situado abaixo, inferior”, conta.

"Sub-Pop-ópera dos Mendigos" faz estreia gratuita no Teatro Lauro Gomes em SBC

A ação da obra se dá no casamento dos personagens centrais, MacNavalha (Victor Merseguel) e Polly (Luciana1ão. Já a personagem Polly, é uma magnata. Em meio à cerimônia, surge a deixa para prostitutas, ladrões e cidadãos respeitados discutirem sobre as coisas em que acreditam.

O projeto tem do programa VAI – Valorização de Iniciativas Culturais da Prefeitura de São Bernardo do Campo.

Serviço

Sub-Pop-Ópera dos Mendigos

De Celso Correia Lopes

Texto Original John Gay

Classificação Indicativa – 16 anos

Dur. 120 minutos

Teatro Lauro Gomes

Rua Helena Jacquey, 171 – Rudge Ramos

São Bernardo do Campo

Entrada Franca

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*