Tchekhov "made in Taiwan”

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Coreografia teve como ponto de partida "O Jardim das Cerejeiras", de Tchekhov

Semana passada e a que entra, correm soltas as discussões acerca do que o teórico francês Jean-Pierre Sarrazac chama de “etiqueta cuja tendência é se despregar” ao abordar o nome “pós-dramático” empregado pelo teórico alemão Hans-Thies Lehmann, na disciplina de pós-graduação, ministrada pela estupenda Sílvia Fernandes, que faço na USP. O espetáculo de dança Wispher of Flowers, da Cloud Gate Dance Theater, de Taiwan (China), em cartaz no Teatro Alfa até terça-feira (5), além de belo instiga as reflexões sobre a arte contemporânea.

Mesmo sem utilizar rótulos, se preferir “etiquetas”, a coreografia da Cloud Gate, é a tradução coreográfica das sensações do coreógrafo Lin Hwai-min para a peça O Jardim das Cerejeiras, do russo Anton Tchekhov. E tal transposição que, apesar de não se ater ao enredo ou aos personagens do texto dramático, desperta reflexões sobre esse tipo de apropriação, já que alguns sentimentos da peça, mesmo que de forma desvinculada ao tema objetivo da mesma – como a exuberância e felicidade do cerejal e suas murmurantes folhas; à desolação da perda do mesmo –, continuam em Whisper of Flowers.

O que há é um espetáculo com movimentos leves como se os bailarinos flutuassem como as folhas do jardim das cerejeiras num incessante vento (um ventilador escondido na coxia) que dá o clima de “sussurro, murmúrio, rumor” (“whisper”) de flores que dá nome a peça.

Vale a pena ver esse espetáculo embalado por belas suítes para violoncelo de Bach que abre tantos focos para discussões estéticas das apropriações que demarcam a arte contemporânea.
<a href="[youtube http://www.youtube.com/watch?v=cIJ_yJRUPx4&fs=1&hl=pt_BR&color1=0x234900&color2=0x4e9e00&border=1]”>
A Temporada de Dança do Teatro Alfa 2010 continuará após Cloud Gate com o Ballet du Grand Théâtre de Genève, duas apresentações das recentes coreografias BlackbirdDov’è la Lune eLoin, em 23 e 24 de outubro; e a Quasar Cia. de Dança, que estréia nova coreografia de Henrique Rodovalho, Tão Próximo, em duas apresentações, 6 e 7 de novembro.

Whisper of Flowers – Ficha Técnica

Estréia Mundial: 12 de setembro de 2008 – Chiavi Performing Arts Center (Taiwan)

Direção Artística e Coreografia: LIN HWai-Min

Música: Trechos de Seis Suítes para Violoncelo Solo, de J. S. Bach, interpretada por Mischa Maisky

Diretor de Iluminação: Chang Tsan-Tao / Cenógrafo: LIN Keh-hua / Figurinos: LIN Chiung-Tang / Co-comissionado por National Chiang Kai-Shek Cultural Center, R.O.C. Yong Lin Foundation / Co-produção do Festival Internacional de Teatro Tchekhov de Moscou, patrocinado pelo Governo da Rússia e Governo de Moscou

CLOUD GATE DANCE THEATRE no TEATRO ALFA – SERVIÇO

local: Teatro Alfa (R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – tel. 5693.4000)

datas: 2 a 5 de outubro, de sábado a terça-feira

horários: sábado, segunda e terça 21h; domingo, 18h

Preços: Setor I = R$ 120,00; Setor II = R$ 100,00; Setor III = R$ 80,00 e Setor IV = R$ 50,00

Lotação: 1110 lugares

Duração: 90 minutos (intervalo de 20 minutos)

Estacionamento: Valet c/ manobrista = R$ 25,00 – Self = R$ 18,00

Como Comprar:

Por Telefone: 5693-4000 e 0300-789-3377 (Serviço exclusivo do Teatro Alfa)
Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, MasterCard e Diners Club), de segunda à sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 17h. Em dias de eventos até 1 (uma) hora antes do início dos mesmos. Os ingressos poderão ser retirados no próprio teatro no dia do espetáculo.

Ingresso Rápido – 4003.1212 –www.ingressorapido.com.br

Pessoalmente – Bilheteria do Teatro Alfa:

Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, MasterCard, Diners Club), cartões de débito (Visa Electron e Redeshop) ou dinheiro, de segunda à sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 18h. Em dias de eventos até o início dos mesmos.

Site: www.teatroalfa.com.br

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*