Teatro Mosaico traz texto rodriguiano ao Festival de Curitiba

Theo Alves*, especial para o Aplauso Brasil

Sandro Lucose - Foto: Emi Hoshi

Um dos textos menos encenados de Nelson Rodrigues, Anjo Negro narra a história de Ismael, um homem negro e rico, e Vírginia, uma mulher branca com quem se casa. Para montar essa história, a Companhia Teatro Mosaico contou com uma grande produção, comum aos trabalhos anteriores do grupo matogrossense.

“É um espetáculo que demorou 10 anos para ser maturado. Em comum aos outros trabalhos da companhia, tem alguns elementos folclóricos, como as cantigas populares e a capoeira, por exemplo”, diz o diretor Sandro Lucose.

Para ambientar a história, na qual o autor sugere uma casa com dois andares como cenário, o diretor explica que o grupo optou apenas por uma suntuosa cama, elemento que se transforma de acordo com a necessidade do roteiro.

“Por questões de logística, seria inviável montar o cenário sugerido pelo autor. Apenas a estrutura da cama nos possibilita criar um andor, um quarto, a própria cama e um grande mausoléu”, explica Sandro Lucose.

Anjo Negro fica em cartaz no Festival de Curitiba nos dias 06 e 07. A peça traz no elenco os atores Deo Garcez, Celso Gayoso, Danyelle Sardinha, Daniela Leite, Genival Soares, Joana Seibel, Milena Machado, Michelly Thomaz, Rany Carneiro, Sandro Lucose, Raquel Mutzenberg e Venício Souza.

*Theo Alves viajou a convite do Festival de Curitiba

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*