Tem Palhaços em cartaz no Folias

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Danilo Grangheia em "Palhaços" - Crédito Renato Silvestre

SÃO PAULO – Um dos melhores textos de um dos grandes nomes da dramaturgia brasileira da década de 1970, entra em cartaz no Galpão do Folias. Palhaços,de Timochenco Wehbi, mostra o encontro de um espectador com um palhaço que estava em cena. O espectador, Benvindo, vem cumprimentar seu ídolo no camarim, após o espetáculo. O que era para ser um diálogo polido e agradável vira um jogo cômico-surreal, no qual o palhaço vai desmontando os sonhos e os desejos de seu fã. Os truques circenses, as brincadeiras e o diálogo ferino e bestial fazem desta obra um dos grandes textos do nosso teatro.

O texto Palhaços teve a sua primeira encenação no ano de 1971, sob a direção de Emilio Di Biasi e com Umberto Magnani no elenco.

Ficha Técnica

Autor: Timochenco Wehbi

Direção: Gabriel Carmona

Atores: Dagoberto Feliz

Danilo Grangheia

Produção: Vitor Souza

Iluminação: Erike Busoni

Cenário: Flavio Tolezani

Figurino: Daniel Infantini

Fotos: Ricardo Galli

Arte Gráfica: Sato

Duração: 75min

Censura: Recomendado para maiores de 14 anos

Realização: Galpão do Folias e Departamento de Artes Cênicas – ECA/USP

Dagoberto Feliz em "Palhaços" - Crédito Renato Silvestre

Serviço

PALHAÇOS

Estréia dia 26 de Agosto

Sábados às 21h e Domingo às 19h

Até dia 29 de outubro

Valor: R$ 20,00

Local: Galpão do Folias

Rua Ana Cintra, 213 – Santa Cecília –próximo metro Santa Cecília

Informações e reservas: 3361-2223

Estacionamento conveniado ao lado

Café no local

Acesso para deficientes

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*