Temas da sociedade moderna são discutidos no palco

Redação (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

A Companhia Teatro do Sufoco apresenta, a partir de domingo (14), o espetáculo O Novo Manual Prático para o Anonimato, uma livre adaptação da obra do escritor americano Chuck Palahniuk. A montagem, que tem direção de Andressa Cabral, acontece às 18h30, no espaço Satyros 2.

O espetáculo é uma releitura da peça Manual Prático para o Anonimato apresentada pela primeira vez pela companhia em 2008, livremente baseada na obra do escritor Chuck Palahniuk, autor dos livros Clube da Luta, O Sobrevivente, No Sufoco, Assombro, entre outros. O processo colaborativo teve início durante as oficinas dos Satyros há dois anos, sob coordenação da atriz e diretora Andressa Cabral.

A partir de discussões de temas recorrentes na sociedade moderna, como trabalho e relações interpessoais, o espetáculo retrata as pressões para se alcançar modelos inatingíveis e como as pessoas se perdem durante essa busca heróica e banal, tornando-se apenas cópias descartáveis umas das outras.  Responsável pelo aperfeiçoamento da criação e o desenvolvimento artístico a partir de improvisações, a direção apoiou-se em linguagens distintas para encenar o Novo Manual Prático para o Anonimato.

Ao longo dos meses de preparação, a companhia se apropriou dessas técnicas, fundindo elementos da dramaturgia, da interpretação e da direção, para construir as 17 cenas que costuram o espetáculo repleto de diálogos rápidos e ácidos. Os conceitos de iluminação, figurino e cenário foram inspirados na estética de quadrinhos e desenhos animados de super-heróis.

Sinopse

A Empresa de Embalagens Descartáveis Whitier & Whitier está prestes a receber o Certificado Internacional de Qualidade quando sofre um terrível golpe: a máquina copiadora é quebrada. O acontecimento muda radicalmente a ordem de um dia comum de trabalho dando espaço a revelações e reviravoltas.

Ficha Técnica

Elenco: Cia Teatro do Sufoco – César Genaro, Fabricio Castro, José Alessandro Sampaio, Kátia Gomes, Michelle Cavalcanti e Priscila Cunha.

Direção: Andressa Cabral

Assistência de Direção: Fabricio Castro e José Alessandro

Sampaio

Figurino: Kátia Gomes e Michelle Cavalcanti

Cenário: Thiago Abe

Operação de Luz: Giscard Luccas

Operação de Som: Leando Ivo

Produção: Cia Teatro do Sufoco

Fotografia: Flávio Bekeredjian, Vivian Sechin

Serviço

Novo Manual Prático para o Anonimato

Temporada: De 14 de março a 04 de abril

Dia e Horário: Domingo, às 20h

Local: Espaço dos Satyros 2. Praça Roosevelt, 134, Consolação

Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)

Reservas: (11) 3258-6345

Capacidade: 70 lugares

Indicação: 16 anos

Duração: 60 minutos

Acesso para portadores de necessidades especiais

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.