Temperos musicais brasileiros condimentam pratos musicais estrangeiros

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Masako Tanaka - Crédito - FabioMaciel

Em tempos de Copa do Mundo – e também fora desse tempo -, é clichê associar o Brasil como sendo o “País do Futebol”. Não que qualquer vitória não re-acende nossa chama patriótica, seja ela boa ou alienadora, mas é pertinente re-afirmar que o nosso verde e amarelo tem muitos outros tons em sua diversificada paleta de cores musicais. E a influência do país que, também, é da música poderá ser conferida na série Alma Brasileira que chega ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo nesta quarta-feira (16).

Nicolas Krassik - Crédito - Bruno Veiga

A série Alma Brasileira – que passou pelo CCBB de Brasília e do Rio de Janeiro –, traz três músicos internacionais – Masako Tanaka, Nicolas Krassic e Roland Dyens – debruçados nos ritmos, melodias e harmonias brasileiros, apresentando músicas confessamente influenciadas pela nossa.

O choro, o samba, a bossa nova, a tropicália e diversos compositores despertaram o fascínio nesses músicos estrangeiros que, agora, apresentam o resultado dessa influência.

Roland Dyens - Crédito - Divulgação

Segundo o curador da série Alma Brasileira, os músicos que fazem parte do projeto “mergulharam fundo na nossa música, com grande admiração e entrega, valorizando e divulgando nossas raízes culturais em seus países de origem e no mundo inteiro. O projeto é uma homenagem à música brasileira, arte receptiva e agregadora que possui o poder de abrir caminhos originais para relações interculturais cada vez mais importantes no mundo contemporâneo”.

Programa

Masako Tanaka (Japão) – Samba de Raiz

Nicolas Krassik (França) – Regional: Danças Brasileiras

Roland Dyens (Tunísia) – O Choro na Música de Concerto

Programação

São Paulo
16 de junho – Masako Tanaka

22 de junho – Roland Dyens

29 de junho – Nicolas Krassik

Alma Brasileira

Datas: Dias 16, 22 e 29 de junho
Horários: 13h e 19h30
Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – São Paulo
Ingressos: R$ 6,00 (meia-entrada a R$ 3,00 para estudantes e pessoas com mais de 60 anos).
Capacidade: 125 lugares
Classificação etária: livre
Acesso para deficientes
Horário de funcionamento do CCBB: de terça a domingo, das 10h às 20h
Informações: (11) 3113-3651 / 3113-3652
www.bb.com.br/cultura
twitter.com/ccbb_sp
Estacionamento Conveniado:
Estapar  Estacionamentos  –  Rua da Consolação, 228 – Edifício Zarvos (R$ 10,00 pelo período de 5 horas. Necessário carimbar o ticket na bilheteria do CCBB). Informações: (11) 3256-8935.

Uma van faz o transporte gratuito até as proximidades do CCBB – embarque e desembarque na Rua da Consolação, 228 (Edifício Zarvos) e na Rua XV de Novembro, esquina  com a Rua da Quitanda, a vinte metros da entrada do CCBB.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.