Três preciosos livros sobre artes são lançados hoje na Funarte SP

EMichel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Capa do livro "Batalha da Quimera"

A Edições Funarte se coloca, mais uma vez, a favor da publicação e divulgação de reflexões e registro sobre o mais instigante do ideário artístico e, integrando o Circuito Interações Estéticas, lança hoje, a partir das 18h, três preciosos volumes, na área de convivência do Complexo Cultural Funarte São Paulo.

As publicações contemplam as artes cênicas (teatro adulto, dança e teatro infantil) em obras com abordagens e personagens distintos: Batalha da Quimera, de Sebastião Milaré (sobre a trajetória do dramaturgo Renato Vianna), Angel Vianna – sistema, método ou técnica?, organizado por Suzana Saldanha (ensaios de profissionais de várias áreas sobre o trabalho da bailarina, coreógrafa e pesquisadora; com a presença de ambas na noite de autógrafos), e I Catálogo Livre do Teatro Infantil de Karen Acioly (registro da história do teatro infantil brasileiro, sob a ótica de quem faz).

Capa do livro sobre Angel Vianna

A programação completa do Circuito Interações Estéticas – que acontece entre os dias 9 e 12 de setembro, das 9h30 às 22h, na Funarte São Paulo – está disponível no site www.funarte.gov.br.

Cabe um breve parênteses sobre a obra de Sebastião Milaré sobre Renato Vianna que, mesmo antes da geração TBC receber o título de precursora na inserção do teatro brasileiro na era Moderna, Vianna já realizava um tipo diferente daquele comum ao teatro nacional, centrado na figura de um grande ator (Procópio Ferreira, João Caetano, Dulcina de Moraes etc.). Certamente, Batalha da Quimera exigirá uma revisão na história do teatro brasileiro.

Capa do "I Catálogo Livre do Teatro Infantil"
Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.