Três vezes Chico Buarque no teatro paulistano

Kyra Piscitelli, do Aplauso Brasil (kyra@aplausobrasil.com

Chico Buarque comemora 70 anos de vida e é homenageado por montagens no teatro. Foto/divulgação Mario Canivello
Chico Buarque comemora 70 anos de vida e é homenageado por montagens no teatro. Foto/divulgação Mario Canivello.

SÃO PAULO – Na cidade da garoa só dá Chico Buarque. Três grandes estreias em agosto têm inspiração na obra do escritor, compositor e cantor. Ele que completou 70 anos há dois meses está sendo homenageado por todo lado no teatro. Dos espetáculos, dois são remontagens de clássicos seus enquanto o outro é um tributo a suas músicas. Todas as peças fazem curta temporada.

Confira um resumo de cada um desses espetáculos preparados pelo Aplauso Brasil:

As atrizes Malu Rodrigues e Soraya Ravele e Claudio Botelho estrelam triângulo amoroso em "Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos". Foto: divulgação.
As atrizes Malu Rodrigues e Soraya Ravele e Claudio Botelho estrelam triângulo amoroso em “Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos”. Foto: divulgação.

Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 minutos é um musical feito pela conhecida dupla Charles Möeller e Claudio Botelho e conta a história de uma trupe teatral usando as canções compostas para os palcos e cinema por Chico Buarque. Os espetáculos Gota d’Água (1975) e Calabar (1973) e os filmes Quando o Carnaval Chegar (1972) e Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976) são algumas referências que compõe a narrativa. O musical desembarca em São Paulo depois de lotar todas as apresentações no Rio de Janeiro. A temporada paulistana será no Teatro Faap, entre 8 de agosto e 7 de setembro.

Grande sucesso com música de Chico Buarque e Edu Lobo retorna aos palcos em forma de teatro musical com direção de João Fonseca. Imagem: divulgação
Grande sucesso com música de Chico Buarque e Edu Lobo retorna aos palcos em forma de teatro musical com direção de João Fonseca. Imagem: divulgação

No início dos anos 80, o Ballet do Teatro Guaíra (PR) arrebatou milhares de espectadores em todo o país com a turnê de O Grande Circo Místico, espetáculo que apresentou um relicário de canções inéditas, assinadas por Edu Lobo e Chico Buarque a partir do poema A Túnica Inconsútil, de Jorge de Lima. Mais de três décadas depois, a história volta aos palcos com direção de João Fonseca e texto de Newton Moreno e Alessandro Toller. Nesta montagem, a música e o circo são a essência da história entre a guerra, o amor e a ameaça de extinção do circo. A versão ainda inclui mais quatro canções da parceria entre Edu e Chico: AbandonoValsa BrasileiraSalmo e Acalanto. Edu Lobo, que também completa 70 anos neste ano, supervisiona o musical em cartaz no Theatro Net entre 14 de agosto a 28 de setembro.

Lucia (Natalia Quadros), Max (Flavio Tolezani) e Teresinha (Erica Montanheiro) em "Ópera do Malandro". Foto/Crédito: Bob Sousa
Lucia (Natalia Quadros), Max (Flavio Tolezani) e Teresinha (Erica Montanheiro) em “Ópera do Malandro”. Foto/Crédito: Bob Sousa

A montagem Ópera do Malandro é parte do projeto Chico 70 da Cia da Revista, que propõe um diálogo com a obra do artista. Por isso, a releitura do musical parte da associação da obra com o momento atual do país: os pequenos delitos, os acontecimentos do dia a dia que possibilitam a malandragem de cada um perante o outro e a sociedade em que esse malandro atual vive inserido. O texto e a música são o ponto central da narrativa que traz personagens conhecidos como Geni e Terezinha. O diretor da companhia Kleber Montanheiro dirige, faz cenário, figurino e vive Geni. O musical está em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB -SP), do dia 8 de julho até 31 de agostoMesmo antes de estrear, os ingressos já estão esgotados. Mas, segundo a assessoria do espetáculo, haverá uma fila de espera antes de cada sessão para ingressos remanescentes  de possíveis desistências.

 SERVIÇOS: 

Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 minutos
Ficha técnica e serviço:
SORAYA RAVENLE, CLAUDIO BOTELHO e MALU RODRIGUES e TODOS OS MUSICAIS DE CHICO BUARQUE EM 90 MINUTOS
Com ANDRE LODDI, ESTRELA BLANCO, FELIPE TAVOLARO, LILIAN VALESKA e RENATA CELIDONIO
Músicos: THIAGO TRAJANO (guitarra, violão, bandolim / regência), LUCIANO CORREA (cello), PRISCILLA AZEVEDO (piano e acordeon) e MARCIO ROMANO (percussão e marimba).
THIAGO TRAJANO
Orquestração / Arranjos
JULES VANDYSTADT
Arranjos vocais
ROGÉRIO FALCÃO
Cenário
MARCELO PIES
Figurinos
BETO CARRAMANHOS
Visagismo
PAULO CESAR MEDEIROS
Iluminação
MARCELO CLARET
Design de som
EDSON LOPES
Produção executiva
TINA SALLES
Coordenação artística
CLAUDIO BOTELHO
Roteiro / Direção musical
CHARLES MÖELLER
Concepção / Direção
Um espetáculo de CHARLES MÖELLER & CLAUDIO BOTELHO
Produção: Möeller & Botelho
Realização: Möeller & Botelho, Pathavidhatu Empreendimentos Culturais, Clássica Produções e Ministério da Cultura e Governo Federal
TODOS OS MUSICAIS DE CHICO BUARQUE EM 90 MINUTOS
Temporada de 08 de agosto a 07 de setembro de 2014
Sextas-feiras às 21h30, Sábados às 21h, Domingos, às 18h.
Ingressos a R$ 120 (plateia) e R$ 100 (balcão)
Teatro FAAP / Rua Alagoas, 903 / Higienópolis
Classificação: 12 anos

 ________________________________________________

O GRANDE CIRCO MÍSTICO
FICHA TÉCNICA
Músicas de Edu Lobo & Chico Buarque
Texto: Newton Moreno e Alessandro Toller
Direção: João Fonseca                                                                                                 Direção Musical: Ernani Maletta                                                                             Coreografia: Tania Nardini
Produção: Primeira Página Produções
Com Fernando Eiras, Letícia Colin, Gabriel Stauffer, Isabel Lobo, Ana Baird, Reiner Tenente, Paula Flaibann, Marcelo Nogueira, Thadeu Torres, Felipe Habib, Leonardo Senna, Juliana Medella, Leo Abel, Natasha Jascalevich, Luciana Pandolfo,  Renan Mattos e Douglas Ramalho
Iluminação: Luiz Paulo Nenen
Figurinos: Carol Lobato
Cenários: Nello Marrese
Direção de Movimento Circense: Leonardo Senna
Diretora Assistente: Paula Sandroni
Desenho de Som: Fernando Lauria
Direção de produção: Maria Siman
Produção Executiva: Luciano Marcelo e Bruna Ayres
Gerente de projetos: Paula Salles
Produtora Associada: Isabel Lobo
Realização: Primeira Página Produções Culturais

SERVIÇO
Theatro Net SP
Temporada de 14 de agosto a 28 de setembro
De quinta a sábado, às 21h. Domingos, às 19h.
Ingressos:
Plateia: R$ 150
Balcão nobre: R$ 100
Balcão: R$ 50
Duração: 180 minutos.
Classificação: 12 anos

————————————

ÓPERA DO MALANDRO
FICHA TÉCNICA
Patrocínio: Banco do Brasil
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil
Texto: Chico Buarque. Direção, cenário e figurinos: Kleber Montanheiro. Direção musical: Adilson Rodrigues. Elenco: Gerson Steves – Duran. Heloísa Maria – Vitória. Erica Montanheiro – Teresinha. Flavio Tolezani – Max Overseas. Kleber Montanheiro – Geni.Adriano Merlini – Chaves. Natália Quadros – Lúcia. Pedro Henrique Carneiro – Barrabás. Pedro Bacellar – Big Ben. Paulo Vasconcelos – Johnny Walquer. Mateus Monteiro – Phillip Morris. Gabriel Hernandes – General Eletric. Gabriela Segato – Mimi Bibelô.Daniela Flor – Dóris Pelanca. Bruna Longo – Fichinha. Luzia Torres – Shirley Paquete. Nina Hotimsky – Jussara Pé de Anjo.Alessandra Vertamatti – Dorinha Tubão.
TRILHA SONORA
O Malandro (Die Moritat Von Mackin Messer) (Bertolt Brecht, Kurt Weill)
Hino de Duran (Chico Buarque)
Viver de Amor (Chico Buarque)
Uma Canção Desnaturada (Chico Buarque)
Tango do Covil (Chico Buarque)
Dez Anos (Chico Buarque)
O Casamento dos Pequenos Burgueses (Chico Buarque)
Teresinha (Chico Buarque)
Homenagem ao Malandro (Chico Buarque)
Folhetim (Chico Buarque)
Ai, Se Eles Me Pegam Agora (Chico Buarque)
O Meu Amor (Chico Buarque)
Se Eu Fosse o teu Patrão (Chico Buarque)
Geni e o Zepelim (Chico Buarque)
Pedaço de mim (Chico Buarque)
O Malandro nº 2 (Chico Buarque)

SERVIÇO
ÓPERA DO MALANDRO –
Estreia no dia 7 de agosto (para convidados), quinta-feira às 20h e no dia 8 de agosto (para público), sexta-feira, às 20 horas,
Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo
Temporada: até 31 de agosto de 2014
Quarta a sábado, às 20h.
Domingo, às 19h.
Segunda, às 20h.
Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia-entrada)
Duração: 150 min.
Classificação estaria: 12 anos.
Teatro: 132 lugares
Atenção: Dias 25/8 (segunda feira) e 27/08 (quarta feira) não haverá espetáculo.
Os ingressos estão ESGOTADOS, mas haverá fila de espera para o caso de desistências.
Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – SP
Próximo às estações Sé e São Bento do Metrô
Informações: (11) 3113-3651
bb.com.br/cultura / twitter.com/ccbb_sp / facebook.com/ccbbsp
SAC 0800 729 0722 / Ouvidoria BB 0800 729 5678
Deficiente Auditivo ou de Fala 0800 729 0088
Estacionamento conveniado: Rua da Consolação, 228 (Ed. Zarvos) – R$ 15,00 pelo período de 5 horas. Necessário carimbar o ticket na bilheteria do CCBB -, com transporte gratuito até as proximidades do CCBB.
Dê preferência ao transporte público. Acesso ao calçadão comparadas de ônibus na Rua Boa Vista e Rua Líbero Badaró e pelas estações Sé e São Bento do Metrô.
Horário de funcionamento da bilheteria: de quarta a segunda, das 9h às 21h.
Aceita cartões de crédito e débito Visa e Mastercard, cheque ou dinheiro.
Clientes BB, estudantes, professores da rede pública e maiores de 60 anos pagam meia-entrada. É indispensável a apresentação de documento que comprove o direito ao benefício.
Ingressos antecipados pelo Ingresso Rápido: (11) 4003-1212 ou  www.ingressorapido.com.br
Acesso e facilidades para pessoas com deficiência física // Ar-condicionado // Cafeteria Cafezal

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

2 Comentários

Leave a Reply

Seu email não será publicado