“UM BONDE CHAMADO DESEJO” REESTREIA NO TUCARENA

Fernando Pivotto, para o Aplauso Brasil (fernando@aplausobrasil.com.br)

BondeSÃO PAULO – Depois de uma bem-sucedida temporada em 2015, o espetáculo cumpre uma curta temporada no Tucarena, a partir de 23 de janeiro.

Bem recebido por público e crítica (indicado aos prêmios Aplauso Brasil de Melhor Atriz e Shell de Direção, Atriz, Cenário e Figurino, entre outros) o espetáculo dirigido por Rafael Gomes volta em cartaz neste sábado, 23, no Tucarena. A reestreia do espetáculo faz parte da programação de comemoração dos 50 anos do Tuca.

Na peça – uma das mais importantes de Tennessee Williams – a decadente, mas frágil e sonhadora Blanche (Maria Luisa Mendonça) muda-se para a casa de sua irmã, Stella (Virginia Buckowski), e conhece seu cunhado bruto, Stanley (Eduardo Moscovis). A partir do choque entre a natureza carnal de Stanley  e do espírito etéreo de Blanche, o espetáculo trata do duelo entre sonho e realidade, e da força brutal do desejo.

Sobre as motivações que o levaram a encenar o texto, o diretor disse, na época de sua estreia: “‘Por que montar Um Bonde Chamado Desejo?’ – essa é a primeira pergunta que inevitavelmente todos me farão (e tem feito), sejam meus atores na sala de ensaio ou meus amigos na mesa do bar. E eu penso que é para poder responder essa pergunta. ‘Para poder responder essa pergunta’ é a melhor resposta que eu tenho, agora. E acho que todos estamos aqui por isso. Alguns tem respostas mais formuladas, outros menos. Mas descobrir todos os porquês de remontar essa peça em 2015, este é o nosso ponto de chegada. É o nosso motivo e o nosso motor.O que eu sei com certeza é por que eu não montaria: eu não montaria se fosse para fazer uma encenação ‘clássica’ e totalmente naturalista; eu não montaria se não pudesse fazer este trabalho dialogar com o mundo e as circunstâncias que vivemos hoje; eu não montaria se não fosse para injetar algum sangue – o nosso sangue – nesse texto tão bonito e tão preciso e tão dilacerante e tão vital.”

Um Bonde Chamado Desejo
Texto: Tennessee Williams
Tradução e Direção: Rafael Gomes
Elenco: Maria Luisa Mendonça, Eduardo Moscovis, Virgínia Buckowski, Donizeti Mazonas, Fabricio Licursi, Fernanda Castello Branco, Matheus Martins.

Serviço
De 23 de janeiro até 27 de março. Sextas às 21h30, sábados às 21h e domingos às 18h.
Teatro Tucarena. Rua Monte Alegre, 1024 (entrada pela Rua Bartira) – Perdizes
Ingressos: R$ 50,00 (sexta) e R$ 70,00 (sábado e domingo)

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*