Um delicioso chá de maçã pode reservar desagradáveis surpresas em Serpente Verde Sabor Maçã

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Serpente Verde Sabor Maçã"SÃO PAULO – Serpente Verde Sabor Maçã, de Jô Bilac e Larissa Câmara, apresenta a loucura da Senhora G, que mata as suas visitas se estas lhe parecem portadoras de um caráter duvidoso. Depois de temporada na capital paulista e viagens por cidades do interior, através do projeto SESI Viagens Teatrais 2012, a peça fica em cartaz nos Parlapatões entre sexta-feira (3) e 22 de agosto.

As vítimas são pessoas interessadas na compra da casa em que Senhora G reside. Nenhum personagem é totalmente bom ou mau. Aos poucos eles vão expondo as suas qualidades e defeitos.

A anfitriã, Senhora G, considera que está fazendo um favor á humanidade quando elimina um ser abominável. Ela decide quem vive, quem é bom ou mau, e se sente importante pelo poder que detém sobre o destino dessas pessoas: se escolher o chá do bule prateado o envenenamento, do contrário a pessoa ainda tem uma chance de sobreviver.

Num tom expressionista e de humor negro, a peça transcorre com humor.A cada momento em que a Senhora G vai servir o chá há o suspense: mais um assassinato?

A encenação de Lavínia Pannunzio teve como inspiração obras cinematográficas como Cidade dos Sonhos, de David Lynch.

Luz, cenário, figurino e trilha reforçam o espírito sombrio da peça, e, entre os destaques do cenário, estão uma roseira na qual as vítimas são enterradas e a escadaria do casarão, que remete o espectador a filmes de época.

"Serpente Verde Sabor Maçã"

A produção é da Casa 5 (do titã Branco Melo e da atriz Angela Figueiredo, que interpreta o papel da Senhora White) em parceria com a recém-formada Cia das Trevas, fundada por Ângela Figueiredo, Luna Martinelli e Fernando Fecchio.

O público pode tirar fotografias e filmar o espetáculo e deve postar o conteúdo nas redes sociais. “Além de estimular os atores, é mais uma forma das pessoas saberem que estamos em cartaz”, explica a produtora e atriz Angela Figueiredo.

Ficha Técnica

Texto: Jô Bilac e Larissa Câmara.
Direção: Lavínia Pannunzio.
Elenco: Lulu Pavarin, Ângela Figueiredo, Luna Martinelli e Fernando Fecchio.
Cenário: Cássio Brasil.
Luz: Aline Santini.
Figurinos: Daniel Infantini.

Trilha Sonora: Branco Mello.

Serviço:

Serpente Verde Sabor Maçã

Temporada – Quintas e sextas-feiras às 21 horas.  Ingressos – R$15,00 e R$30,00. Duração -70min. Censura – 14 anos. Até 31 de agosto.ESPAÇO PARLAPATÕES – Praça Franklin Roosevelt, 158 – Centro. Informações – (11) 3258.4449. Capacidade – 98 lugares. Aceita cartões de crédito e débito. Acesso para portadores de necessidades especiais. Estacionamento conveniado na Rua Nestor Pestana, 129. Bilheteria – De terça a domingo, das 16h às 22h. Ingressos por telefone – Ingresso Rápido – (11) 4003 1212 ou pelo site www.ingressorapido.com.br

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*