Única apresentação de Jangadas Paralelas

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Guga Stroetter apresenta solo <i>Jangadas Paralelas</i>
Guga Stroeter apresenta solo

 

Jangadas Paralelas

é um espetáculo solo de dança e música, concebido e interpretado por Guga Stroeter e dirigido por Rogério Toscano. Ele fará uma única apresentação nesta segunda (21), na sala Crisantempo (Vila Madalena/ SP).

A gênese do projeto surgiu em função de uma série de poesias que o músico e escritor Guga Stroeter incluiu em seu romance Neguinho (Ateliê Editorial). Como experimentação, Guga foi ao estúdio de gravação de música onde recitou e musicou os versos. Esse trabalho resultou em um CD. Foi então que o autor decidiu adaptar e criar o espetáculo.

Para levar essa tarefa adiante, convidou o jovem diretor e autor, Rogério Toscano. Rogério enxergou na estrutura do espetáculo uma sequência dos 21 arcanos maiores do tarô de Marselha. Esses foram os pontos de partida para lapidar o roteiro, a dramaturgia, e a coreografia, que tomou forma numa apresentação de 21 minutos em que o personagem/bailarino interage com imagens de garatujas abstratas, animadas digitalmente por Cristina Vassimon.

jangadasparalelasO personagem/bailarino interage com as imagens de garatujas abstratas, animadas digitalmente enquanto questiona, de maneira muito peculiar, o amor, o divino e as obviedades em busca da compreensão do universo.

 

Sobre o Romance

Neguinho, de Guga Stroeter lançado pela Ateliê Editorial é um romance fragmentado, que percorre as veredas sensíveis de um jovem inquieto, que de sua maneira muito peculiar questiona o amor, o divino, as obviedades; como método incessante da busca de compreensão do universo e de si mesmo. As ilustrações do livro são de Rodrigo Andrade.

 

SERVIÇO: Jangadas Paralelas. Espetáculo de Dança/Teatro de Guga Stroeter. Direção: Rogério Toscano. Preparação corporal: Thiago Antunes. Poesia, música e desenhos: Guga Stroeter. Vídeo: Kiki Vassimon. Arranjos para orquestra: Dino Barioni

Duração: 25 minutos

Ingresso gratuito

 

Local: Sala Crisantempo. Rua Fidalga 521. Vila Madalena. São Paulo. Capacidade – 100 pessoas

21:00 – Apresentação do Espetáculo

21:30 – Coquetel de lançamento do romance Neguinho, pista de dança com DJ

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.