V FESTIVAL DE TEATRO CIDADE DE SÃO PAULO traz 20 espetáculos entre adultos e infantis para a cidade

Redacão do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

festivalSÃO PAULO – Começa nesta terça-feira (12), no Teatro União Cultural, o V Festival de Teatro Cidade de São Paulo, reunindo 13 espetáculos adultos e sete montagens infantis. Lançando luz sobre o trabalho de novos grupos e artistas, o festival faz parte do calendário teatral da cidade e vem se tornando um indispensável celeiro de talentos, despertando o interesse de diversas companhias paulistas que veem nele uma oportunidade de mostrar seus trabalhos, receber o julgamento justo de profissionais do mercado teatral e ali começar uma trajetória de sucesso no teatro brasileiro.  A curadoria do evento é do produtor cultural Eduardo Marins, que há 12 edições monta um festival nos mesmos moldes na cidade do Rio de Janeiro. Os ingressos do Festival custam R$30 reais e a meia entrada de R$ 15 vale para estudantes, professores e maiores de 60 anos. O evento acontece por três semanas na cidade.

Tanto as montagens adultas como as infantis serão analisadas pelos jurados Jhaíra (dramaturga e atriz), Lucianno Maza (dramaturgo e crítico de teatro), Maria Dudah Senne (atriz e diretora) e Rui Xavier (dramaturgo e ator). Os espetáculos concorrem ao Troféu Arlequim: criado pelo Festival para premiar os melhores atores, diretores, cenógrafos, figurinistas, iluminadores, produtores e os melhores e peças. Além do troféu os vencedores ganharão uma temporada com todas as despesas pagas no Teatro União Cultural. 

Entre os grupos que se destacaram no cenário paulista após participar do festival estão a Cia. Dom Caixote (tricampeã como melhor espetáculo infantil), com peças como Pererê – Em Busca do Sacie o Grupo Artemis de Teatro (campeã como melhor espetáculo infantil), que teve seu musical Uma Luz Cor de Luar transformado em megaprodução com Totia Meirelles após vencer o Festival. Ambas companhias voltam a participar desta edição, ao lado de outras dezenas de grupos de toda São Paulo e região metropolitana.

 

MOSTRA COMPETITIVA ADULTA

A mostra competitiva adulta contará com 13 espetáculos, com direito a comédias, dramas e musicais. A primeira semana começa com a comédia popular O Parturião da Cia. Dom Caixote e texto do premiado dramaturgo contemporâneo Luis Alberto Abreu que abre o Festival com a história dos empregados de duas famílias rivais que querem enganar seus patrões. Encerrando o festival, depois de três semans, a programação abre passagem para Nelson Rodrigues, o grande dramaturgo brasileiro, com a montagem de Viúva, Porém Honesta da Cia. Loucos do Tarô, que se destacou ao participar do Festival de Teatro Cidade do Rio de Janeiro em 2013 com essa história da jovem viúva que decide não mais sentar e que se apaixona por um crítico de teatro.

 

MOSTRA COMPETITIVA INFANTIL

Na programação da Mostra Competitiva Infantil, a graça e histórias de formação dão o tom. Para abrir o Festival infantil, Violeta, a Menina Leitora do Grupo Obinha! de Teatro mostra uma menina diferente, que sem amigos, ganha no livro dado por sua avó, a companhia de personagens encantadores.Fechando a programação infantil estará Vovô Fugiu de Casa da Cia. Dom Caixote que mostra a fuga delirante de um senhor e seu neto quando a família decide internar a avô em um asilo.

TEATRO SEDE DO FESTIVAL
SERVIÇO
Mostra Competitiva Adulta: 12/08 a 04/09 – Terças, quartas e quintas, às 21 horas
Mostra Competitiva Infantil: 16/08 a 07/09 – Sábados e domingos, às 16 horas
Teatro União Cultural: Rua Mário Amaral, 209, Paraíso – Lotação: 262 lugares – Telefone: (11) 2148-2904
Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia entrada para estudantes, professores e maiores de 60 anos)
Duração e classificação indicativa: Verificar programação diária
Site com todas as informações: www.teatrofest.com

FESTIVAL DE TEATRO CIDADE DE SÃO PAULO
Programação completa 2014

MOSTRA COMPETITIVA ADULTA:

Dia 12 de agosto às 21h
O PARTURIÃO
Cia Dom Caixote
De Luis Alberto de Abreu
Direção, cenografia e Iluminação: Luis F. Petuxo
Produção: Cia Dom Caixote
Figurinos: Guilherme Fraga
Com: Alex Rodrigues, Audrey Farias, Carolina Malta, Daniel San Martin, Milton Aguiar, Rafael Parra, Rogério Maurelli, Sabrina Caldini, Sandra Nagy e Vitor Faria.

Sinopse: A Cia Dom Caixote resgata o exagero da comédia popular. No enredo João Teité e seu companheiro Matias Cão, empregados de duas famílias inimigas, se reencontram e juntos decidem enganar seus patrões.
Comédia – 50 minutos – 12 anos

Dia 13 de agosto às 21h
5 NOITES, 1 SEGREDO
Cia de Teatro Art Way
De Roberto Morenno
Direção: Leandro Riolo
Produção: Cia de teatro Art Way
Cenografia: Cia de teatro Art Way
Figurinos: Cia de teatro Art Way
Iluminação: Âmer Menegassi
Com Alisson Castanho, Beta Cinalli, Raquel Elaine, Roberto Morenno, Tininha Godoy e Sidnei Dias.

Sinopse: Os integrantes de uma banda falida se reúnem depois de dez anos para descobrirem quem roubou um cheque de dez milhões de reais. A situação piora quando eles percebem que caíram em uma armadilha, da qual podem não sair vivos.
Comédia – 70 min – 14 anos.

Dia 14 de agosto às 21h
O BEIJO
Cia de Teatro Desempaco
De Alberto Guiraldelli
Adaptação: Cia de Teatro Desempaco
Direção: Lucas De Lucca
Produção: Thayná Cavalcanti
Cenografia: Sandra Silva
Figurinos: Bia Martinkovitsch
Iluminação: Rodrigo Kenji
Com André Chaves, Bia Martinkovitsch, Gabriela Araújo, Guga Auricchio, Guilherme Moreira, Isabella Peres, Janaína Brito, Jenni Gregnani, Sandra Silva, Tainã Oliveira, Thayná Cavalcanti, Walther Fornaciari Neto.

Sinopse: Um beijo não tem hora nem lugar. Pode ser roubado, demorado, molhado. Pode ser na boca, no rosto, na mão. Desperta sensações e sentimentos, traz consigo significados e experiências. Tem o poder de parar o tempo e tornar um momento inesquecível. Pode nos aprisionar ou nos libertar. Todo beijo tem uma história. Vamos contar algumas.
Comédia – 75 min. – 14 anos

Dia 19 de agosto às 21h
O HOMEM, SEU CACHORRO E MAIS UM
Grupo Provisório de Teatro em Pesquisa
Inspirado nas obras de Luis Pimentel e Cássio Pires.
Direção e Produção: André Haidamus
Cenografia e Figurinos: Processo coletivo
Iluminação: André Haidamus
Com Alan Andrade, Alexandre Há, Aline Bittencourt, Bruna Paixão, Celso Júnior, Dayane Lucheze, Fernanda Ribeiro, Gi Bauxita,Giuliana Viggiano,. Leonardo Cavalcanti, Marlene Araújo, Niéri Svensson, Nilson Novoa, Paulo Nascimento, Ravi Macario, Roberto Fantucci, Rodrigo Nunes e Samir Theodoro.

Sinopse: Nenhum Homem pode viver isolado, entretanto nascemos nus e seguimos sós: Evite esbarrões com pessoas que vêm no sentido contrário. Utilize o corrimão, deixe a esquerda livre para circulação. Cuidado com o vão entre o trem e a plataforma. O transporte de animais é expressamente proibido.
Drama – 60 min – Livre

Dia 20 de agosto às 21h
MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
Grupo Artemis de Teatro
De Machado de Assis
Direção e Adaptação: Rafael de Castro
Produção: Felipe Rodrigues
Cenografia e figurinos:  Grupo Artemis de Teatro
Iluminação: Rafael de Castro
Com Davi Caseira, Felipe Rodrigues, Cleber Martins, João Said, Renato Albano, Amandi Cortez, Márcia Oliveira, Marina Espinoza e Stefani Dourado.

Sinopse: Após sua morte em 1869, Brás Cubas, decide narrar suas memórias.
Uma viagem pelas lembranças e devaneios de um defunto. Após sua morte, Brás Cubas decide narrar suas memórias e revisitar os fatos mais marcantes de sua vida: sua infância, incidentes familiares e personagens marcantes de Machado de Assis. Com a mesma franqueza, Brás Cubas convida o espectador a testemunhar sua tumultuada vida amorosa.
Literário – 80 min. – Livre
Dia 21 de agosto às 21h

ESCOLA DE MULHERES
Cia Los Barones de Teatro
De Moliere
Direção e Iluminação: Ademir Esteves
Produção, Cenografia e Figurinos: Thiago Jacob
Com Carla Marília, Jana Frasson, Pedro Leão e Thiago Jacob
Sinopse: Arnolfo (agora com o título de Senhor de Vendaval) teme ser traído e passa a zombar dos cornos da cidade que, em sua soberba opinião, são todos ridículos. Para não correr o risco de passar por este problema, Arnolfo mandou educar e criar uma menina desde os 4 anos de idade para ser ignorante, só lhe obedecer e nunca o trair. Comédia – 60 min – 14 anos

Dia 26 de agosto às 21h
O LONGO CAMINHO QUE VAI DE ZERO A ENE
Livre Produção Cultural
De: Timochenco Wehbi
Direção: Wanderley Damaceno
Produção: Livre Produção Cultural
Figurinos: Flavia Rossete
Iluminação: Eder Soares e Wanderley Damaceno
Com Anderson Negreiro e David Carolla.

Sinopse: Dois personagens, Zero e Ene, precisam existir para o mundo, ao mesmo tempo em que perseguem objetivos opostos. Eles tentam aparecer para o mundo por meio de diversas formas de arte. Nessa perseguição infinita eles percebem a mecanicidade de suas vidas e o conflito é instalado. Eles buscam quebrar o círculo vicioso.
Tragicomédia – 60 min. – 14 anos

Dia 27 de agosto às 21h
4ª RETICÊNCIA
Texto e Direção: Ed Fuster e Karen Francis
Produção, Figurinos e cenografia: Ed Fuster e Karen Francis
Iluminação: Alexandra Deitos
Com Ed Fuster e Karen Francis
Atores convidados (vídeos): Carlos Henrique Almeida, Danielle Bambace
Participação especial: Imarly Bosetti, Ivanilda Fuster

Sinopse: Duas vidas caminhando lado a lado, espelhadas. Um homem e uma mulher que percebem o amor mesmo quando separados por grandes distâncias, conecções ruins de telefone ou pelo cotidiano. Qual a evidência de ser diferente quando tudo é repetido por todos? No paralelismo se encontram e cria-se a a vida que dividem na 4ª reticência.
Drama – 14 anos – 80 min

Dia 28 de agosto às 21h
O MONSTRO DE JACKSON
Cia. Teatral Um Peixe
Texto e Direção: André Domicciano
Produção: André Domicciano e Carmem Garcia
Cenografia: André Domicciano e Plínio Garcia
Figurinos: Danilo Gomes
Iluminação: Mateus Alves e Jack Osper
Com Mateus Alves, Carmem Garcia, Dalila Alcantara, João Labriola,Magali Camargo,
Ingrid Dieguez, Plínio Garcia, Ricardo Schunemann, Thiago  Marangoni, Rafael Garcia, Danilo Gomes, André Domicciano, Luciano Oliveira  e Alexandre Assis.

Sinopse: Na noite em que o prazo que Wando tem para beber sangue puro se acaba, surge no velho castelo do Dr. Jackson a virgem Cecília, capaz de acabar com os problemas do vampiro. Porém, a boneca da menina está possuída por um espírito maligno.
Comédia – 120 min – 10 anos

Dia 31 de agosto às 16h
HAMELETE
Grupo Careta
De: Octávio da Matta – adaptação de Hamlet de Shakespeare
Direção: Lívia Simardi
Produção: Patricia Palhares
Com  Alberto Vizoso, Lívia Simardi, Luizinho Beltrame, Marcelo Jacob, Patricia Palhares, Octávio da Matta e Yves Carrasco.
Cenografia: Lívia Simardi
Figurino: Milton Fucci
Iluminação: Marcelo Jacob
Sinopse: Uma tragédia europeia deixou aqui sua marca. Aconteceu no sertão, lugar de reflexão na fazenda Dinamarca. Tudo aqui foi construído, pensando no original, mas com toque brasileiro fizemos no texto inteiro a mudança estrutural. Transformado num poema em forma aqui de cordel, nós juntamos à tragédia elementos de comédia da Cultura Nacional.
Tragicomedia – 70 min – 12 anos.

Dia 2 de setembro às 21h
AMOR FRAGMENTADO EM 70 MINUTOS
Cia. Surya de Arte
Criação Coletiva
Direção: Mario Spatizziani
Produção: Caio Freire
Cenografia e Figurinos: Cia. Surya de Arte
Iluminação: Mario Spatizziani
Com Caio Freire, Ederson Miranda, Elaine Lopes e Luiza Panzenboeck

Sinopse: Inspirados por músicas de Cole Porter, pela obra de Pina Bausch, dramaturgias diversas e suas experiências pessoais, 4 atores interpretam personagens no espetáculo que se organiza como uma “colcha de retalhos”. O tema que inspirou a criação de cenas deste processo coletivo foi o Amor e suas diferentes formas de expressão. O objetivo é proporcionar ao espectador o contato com a complexidade do Amor entre casais, gerando a reflexão sob diferentes olhares.
Drama – 70 min. – 12 anos

Dia 3 de setembro às 21h
S-ANTAS
Amadododito Cia Teatral
Texto e Direção: Alan Pires
Produção: Alessandro Canton, Paulinha Vezani, Rafael Pinelli e Vini Morais.
Cenografia: Priscilla Ribeiro
Figurinos: Priscilla Ribeiro
Iluminação: Alan Pires
Com Ana Paula Franciono, Marília Grampa, Priscilla Ribeiro, e Rafa Campos

Sinopse: O universo feminino retratado na dor de três mulheres. Uma estória instigante e cheia de surpresas, assim como é a convivência com qualquer mulher. Através de suas histórias de amor, elas protagonizam de forma sublime a discussão dos conflitos pessoais que giram em torno do amor, do casamento e da maternidade. Três mulheres na solidão de uma penitenciária relembrando os caminhos que as levou até ali.
Tragicomédia – 80 min. – 14 anos

Dia 4 de setembro às 21h
VIUVA, PORÉM HONESTA
Cia. Loucos do Tarô
De: Nelson Rodrigues
Direção: Zé Aires
Produção e Cenografia: Cia. Loucos do Tarô
Figurinos: Stella Portieri
Iluminação: Sandro Santos
Com Angelo Aleixo, Anisio Serafim, Cal Titanero, Carlos Jordão, Danielle Scavone, Fábio Rocha,  Leonardo Santos, Renan Paz, Sacha Rodrigues, Stella Portieri e Vanessa Correia.

Sinopse: Ivonete, uma garota de quinze anos, fica viúva e decide não mais sentar-se. Seu pai, dono do jornal de maior circulação no país, chama uma ex-cocote, um otorrinolaringologista e um psicanalista para resolver a questão, mas não esperava também a presença do Diabo na reunião.
Comédia – 75 min – 12 anos

__________________________________________________________

MOSTRA COMPETITIVA INFANTIL:

Dia 16 de agosto às 16h.
VIOLETA, A MENINA LEITORA
Grupo Obinha! de Teatro
De: Tally Mendonça
Direção: Lucas França
Produção e Iluminação: Tally Mendonça
Cenografia: George Santos
Figurinos: Cely Martins e Tally Mendonça
Com Alef Barros, Carolina Piai, José Nascimento, Letícia Junqueira, Lucas França,
Lucas Riccardi, Marcia Okubo  e Tally Mendonça.

Sinopse: Violeta é uma menina diferente: é quieta, não fala, não tem amigos e tem medo de tudo. Para ajudar Violeta, Dona Rosa – avó da menina – lhe dará um presente especial: um livro mágico. Por magia, de dentro do livro, sairão personagens encantados e inesquecíveis que ajudarão Violeta a lidar com todos os seus problemas e ainda despertarão nela a paixão pela leitura.
60 min. – Livre

Dia 17 de agosto às 16h.
MEIA, SAPATO E CHULÉ…TUDO DÁ NO PÉ
Cia Batnuá de Atores
De: Heraldo Firmino, Cassio Castelan, Ivanildo Piccoli, Solange Dias e Vilma Campos
Direção: Heraldo Firmino
Produção: Priscila Figueiredo
Cenografia e Figurinos: Cia Batnuá de atores
Iluminação: Wagner Pinto

Sinopse: Coronel Barriga Grande sofre com seu invencível chulé. Depois de centenas de tentativas o único meio de exterminá-lo é uma meia, sagrada e listrada. Em troca o Coronel oferece a mão de sua filha em casamento desencadeando uma disputa arretada pela meia, que é protegida por um guardião e um enigma, cujo erro é fatal. Quem encontrará a meia? Como ficará o doce coração de Flor? Tudo isso e mais uma prosa em Meia, Sapato e Chulé…Tudo dá no pé.
60 min. – Livre

Dia 23 de agosto às 16h.
O SORRISO DO GATO DE ALICE
Grupo Trapo
Texto e Direção: Muriel Vitória Lima
Produção: Alexandre Tavares;
Cenografia e Figurinos: Muriel Vitória
Iluminação: Iohan Iori;
Com Caio Nogoli; Diego Britto; Marcos Paulo; Marília Pacheco; Marília Vitória; Priscilla Silva.

Sinopse: Tudo começa quando o famoso Gato Inglês decide recontar e reviver a história da pequena Alice e o Coelho branco – apressado e sempre atrasado.
Alice, uma menina aventureira e bastante criativa, o segue e retorna ao País das Maravilhas, porém com a companhia do Gato que a coloca em diversas situações de risco.
60 min. – Livre

24 de agosto às 16h
QUEM COMEU AS HISTORINHAS?
Cia Hum
De: Januaria Cristina Alves
Direção: Leticia Salis
Produção, Cenografia e figurinos: Joyce Cristina
Iluminação: Romulo Lex
Com Vinicius Massahiku, Duda San, Vitor Okamura e João Santiago.

Sinopse: De repente o “Era uma vez..” ficou sem solução porque todas as historinhas infantis sumiram, desapareceram. Os livros não tinham mais letras e as crianças não tinham mais histórias para viajar na imaginação. Quem poderá solucionar esse mistério? Quem devolverá as historinhas?
60 min. – Livre
30 de agosto às 16h

XAULIM E AS ESTÁTUAS
Grupo Teatrorama
Texto e Direção: Rick dos Anjos
Produção: Grupo Teatrorama
Cenografia: Gustavo Furlan
Figurinos: Bruna Lopes
Iluminação: Rick dos anjos
Com Gustavo Furlan, Rodolfo Chagas, Bruna Lopes e Riane Zohar.

Sinopse: É a história de um menino que está muito triste devido a um pequeno problema em seu pé direito. Isso o faz achar que não pode ter amigos nem brincar como todas as outras crianças. O menino Xaulim, resolve então se esconder no meio de uma floresta, mas o que ele não sabe é que essa floresta possui segredos que o levarão a participar da maior aventura de sua vida.
45 min – livre

Dia 6 de setembro às 16h
CHAPEUZINHO VERMELHO E OS DEFENSORES DA NATUREZA
Companhia Teatral Poaense
Texto, Direção, Produção, Cenografia e Figurinos: Cunha Moreno
Com Michelle Antiquera, André Wintter, Bruno Mota, Jaqueline Santos, Paulo Henrique Tarasinschi, Natalia Straub, Gustavo Lopes e Cunha Moreno.

Sinopse: Divertida adaptação do original Chapeuzinho Vermelho. Historia didÁtica e bem divertida, sem perder o Lúdico. É uma narrativa envolvente que leva o publico a interagir com os personagens. Baseando-se no nosso cotidiano com essa rotina desfreada que nos leva ao descaso, a poluição!
50 min. – Livre
Dia 07 de setembro às 16h

VOVÔ FUGIU DECASA
Cia Dom Caixote
De: Cia Dom Caixote – Baseada na obra de Sérgio Capparelli
Direção, Cenografia e Iluminação: Luiz F. Petuxo
Produção: Cia Dom Caixote
Figurinos: Guilherme Fraga
Com Daniel San Martin, Laiza Fernanda, Milton Aguiar, Murilo Richard, Nina Maftun, Rose Bertollucci, Sandra Nagy e Vitor Faria.

Sinopse:  A sólida e envolvente amizade entre um garoto e seu avô conduzem a história, por onde empreendem uma fuga delirante, no momento em que a família decide internar o avô em um asilo para velhos.
60min. – Livre

 

 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado