V Festival Palco Giratório é destaque no Rio Grande do Sul

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

AQUELES DOIS com a Cia.Luna Lunera

Já está no calendário cultural da capital gaúcha: Maio é o mês dedicado para as artes cênicas. Entre os dias 1º e 31, acontece o V Festival Palco Giratório Sesc/POA. Ao todo, 38 espetáculos de 35 grupos de 11 estados brasileiros, assim como alguns estrangeiros, sobem aos palcos gaúchos em uma promoção do Arte Sesc – Cultura por toda parte. Além disso, a agenda conta com lançamentos de livros, atividades formativas como oficinas que marcam ainda mais a diversidade cultural que o evento apresenta nesses cinco de anos de realização na região sul do país.

“Chegamos à quinta edição do nosso Festival. Esse fato representa uma longa caminhada em busca de produções locais e nacionais de todos os cantos do Brasil, com o objetivo de disponibilizar para os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e para a comunidade em geral acesso aos bens culturais”, enfatiza Everton Dalla Vecchia, diretor regional do Sesc/RS.

No país, ao longo de 2010, acontecerão 11 Festivais, sendo que todos os estados brasileiros recebem apresentações do Circuito Palco Giratório.

INVEJA DOS ANJOS da Armazém Cia. de Teatro

“O Palco Giratório em si é muito grandioso, pois realiza mais de 1 mil sessões teatrais em diversas partes do Brasil, a partir da circulação de 16 grupos. No Rio Grande do Sul, por exemplo, muitos grupos que participarão do Festival Palco Giratório Sesc/POA também serão atração em circuitos pelo Interior”, comenta Silvio Bento, gerente de Educação, Assistência e Cultura do Sesc/RS.

Para este ano, o Sesc/RS traz grandes nomes do teatro, tais como: os diretores Eugenio Barba e Antunes Filho; atores da nova geração como Sergio Marone, Maria Maya, Daniela Galli e Rodrigo Nogueira, com o espetáculo Play – sobre sexo, mentiras e videotape; Dani Barros com a peça Ele Precisa Começar; e Leona Cavalli em Máscaras de Penas Penadas. A demonstração de trabalho – apresentação de espetáculos com interação do público – com Odin Teatret, da Dinamarca, também está entre os destaques da programação. Espetáculos muito elogiados pela crítica como a montagem mineira de Aqueles Dois também são destaques.

Dois grupos reconhecidos com o Prêmio Shell também se apresentam no evento. Os cariocas do grupo Armazém encenam Inveja dos Anjos e Toda nudez será castigada. Já Till, a saga de um herói torto é a produção dos mineiros do Grupo Galpão. Outros destaques serão o grupo brasiliense Udigrudi, com a peça A Devolução Industrial, e o CTP (SP) com o espetáculo Lamartine Babo.

A programação completa do Festival Palco Giratório Sesc/POA, assim como informações gerais, podem ser obtidas no site www.sesc-rs.com.br/palcogiratorio.

SAIBA MAIS:

INGRESSOS:

Espetáculos:

R$ 5,00 – comerciários e dependentes

R$ 10,00 – comerciantes, classe artística, estudantes, idosos e Clube do Assinante ZH.

R$ 20,00 – público em geral

Passe para oficinas:

R$ 15,00 – comerciários e dependentes, classe artística, idosos, estudantes

R$ 20,00 – comerciantes

R$ 30,00 – inteira

Lançamentos de livros, Conferências, Espaço Multimídia e Palco de intercâmbio:

Acesso livre, conforme lotação do espaço.

Locais de venda:

* Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665), das 8h às 19h, no SAC, a partir de 26/04/10.

* Nas bilheterias dos espaços, no dia da apresentação, 2 horas antes do espetáculo.

Locais de realização:

* Teatro Sesc Centro: Av. Alberto Bins, 665

* Tepa (Teatro Escola de Porto Alegre): Av. Cristóvão Colombo, 400

* Espaço Terreira da Tribo: R. Santos Dumont, 1186

* Santo de Casa Estação Cultural: R. Lopo Gonçalves, 176

* Usina do Gasômetro: Av. Presidente João Goulart, 551

* Parque Farroupilha (Redenção): Av. João Pessoa, s/n

* Espaço Teatrofídico – Usina do Gasômetro: Av. Presidente João Goulart, 551/sala 302

* Esplanada da Restinga: Estrada João Antonio Silveira, s/n.

* S.B.C.R. Imperatriz Dona Leopoldina: quadra – rua Martins Feliz Berta, 38 – bairro Rubem Berta

* Escola Emei Passarinho Dourado: Av. Guido Mandim, esquina Av. Ceará

* Rubem Berta: Av. Adelino Ferreira Jardim

* Escola Municipal Grande Oriente: rua Wolfran Metzler, 600 – bairro Rubem Berta

* Teatro Renascença: Av. Erico Veríssimo, 307.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.