VOCÊ ESCOLHEU: SAIBA QUEM GANHOU O 3º PRÊMIO APLAUSO BRASIL DE TEATRO

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com.br)

SÃO PAULO – Na última noite de 2014, chegou ao fim as votações para o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro que escolheu, em suas 15 categorias – MELHOR ILUMINAÇÃO, MELHOR ESPETÁCULO GRUPO, MELHOR ESPETÁCULO  DE PRODUÇÃO IINDEPENDENTE, MELHOR ESPETÁCULO MUSICAL. MELHOR DIREÇÃO, MELHOR DRAMATURGIA, MELHOR TRILHA ORIGINAL, MELHOR FIGURINO, MELHOR ARQUITETURA CÊNICA, MELHOR ATOR COADJUVANTE, MELHOR ATRIZ COADJUVANTE, MELHOR ATOR, MELHORATRIZ, MELHOR ELENCO e DESTAQUE -, os artistas que, segundo o  voto popular, se destacaram na temporada teatral do ano passado.

Embora um seja o ganhador da estatueta, desenhada pelo artista plástico Fernando Castioni, todos os nove indicados são vitoriosos, pois chegar à final não foi tarefa simples, além dos imprevistos tecnológicos que tivemos, a aquisição de um novo plugin que restringiu, ao máximo, o número duplicado por IP e Cookies.

Agora vamos aos vencedores

 

MELHOR FIGURINO

Fabio Namatame por “Caros Ouvintes”  20%

 

MELHOR ARQUITETURA CÊNICA

José Dias por “O Que O Mordomo Viu”  21%

 

MELHOR ILUMINAÇÃO

Guilherme Bonfanti por “Muro de Arrimo”  33%

 

MELHOR TRILHA ORIGINAL

Otto por “Muro de Arrimo”  32%

 

MELHOR DRAMATURGIA

OBS.: ESSA CATEGORIA DEU EMPATE TÉCNICO EM PORCENTAGEM – 19% PARA MALDITO BENEFÍCIO  E, TAMBÉM, PARA PESSOAS PERFEITAS, ENTRETANTO, PESSOAS PERFEITAS TEVE TRÊS (3) VOTOS A MAIS QUE MALDITO BENEFÍCIO E, PORTANTO , VENCE A CATEGORIA.

Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez por “Pessoas Perfeitas”

 

MELHOR DIRETOR

  • Alexandre Borges por “Muro de Arrimo” 34%

 

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Caco Ciocler por “Terra de Ninguém” 37%

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Alessandra Verney por “O Que O Mordomo Viu”  32%

 

MELHOR ATOR

Fioravante Almeida por “Muro de Arrimo”  32%

 

MELHOR ATRIZ

Marisa Orth por “O Que O Mordomo Viu” 30%

 

MELHOR ELENCO

“Incêndios”, direção Aderbal Freire-Filho (Marieta Severo, Felipe de Carolis, Keli Freitas, Kelzy Ecard, Márcio Vito, Isaac Bernat, Flávio Tolezani e Fabianna de Mello e Souza)  32%

 

DESTAQUE

Escola Livre de Teatro de Santo André “pela luta e pesquisa realizada por essa instituição que tem mais de 20 anos de existência formando e fomentando o teatro brasileiro. A indicação vem para que a prefeitura e os orgãos públicos tenham bons olhos com esta instituição”  27%

MELHOR ESPETÁCULO MUSICAL

“O Homem de La Mancha”, Atelier de Cultura  31%

 

MELHOR ESPETÁCULO DE PRODUÇÃO INDEPENDENTE

“Muro de Arrimo”, direção Alexandre Borges  28%

 

MELHOR ESPETÁCULO DE GRUPO

“A Farsa do Advogado Phatelin”, Cia. Zipt Z apt 36% 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.